DIRETÓRIO DE COLEÇÕES DIGITAIS ( PORTUGAL) – ARQUIVOS E BIBLIOTECAS



DIRETÓRIO

 

Conteúdo digital de originais, manuscritos e impressos, do fundo antigo da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra 




 Informação seleccionada, em suportes documentais variados sobre a Revolução de 25 de Abril de 1974 e a transição para a democracia

  

Arquivo Municipal de Lisboa

O Arquivo Municipal tem à sua guarda um valioso acervo documental relevante para o estudo da cidade de Lisboa

Depositário da memória da cidade de Lisboa, tem no seu espólio documentos a partir do século XII importantes para estudos de história local e regional. O acervo do Arquivo Municipal é constituído por fundos e coleções, como por exemplo o fundo da Câmara Municipal de Belém, o fundo da Junta de Freguesia de Santa Maria de Belém e o fundo da Casa dos Vinte e Quatro.

Além desta documentação de cariz histórico, o Arquivo é detentor de um valioso espólio de arquiteturafotografia e vídeo, que preservam de igual modo a memória da cidade.





Biblioteca, Arquivo e Documentação – Assembleia da República


A Legislação Régia é uma base de dados de legislação, de 1603 a 1910 incluindo, ainda,  as Ordenações Manuelinas de 1512, contém o texto digitalizado e a possibilidade de pesquisa através da plataforma web. Permite a pesquisa nos índices e em texto livre, na ortografia original, e a pesquisa nos campos da base de dados identificados como “Ato legislativo” e “Entidade”, na ortografia atual. 

É possível navegar nos índices e nas páginas dos documentos originais, a visualização do documento num formato de alta definição, a impressão de página, multipáginas e edição completa e a realização de download dos documentos em formato PDF.


O Arquivo Histórico contêm a informação estruturada de acordo ​com as normas internacionais de descrição arquivística, relativa a todos os documentos produzidos e recebidos pela instituição Parlamentar no decorrer da sua atividade, desde 1821, quando se reuniram pela primeira vez as Cortes Gerais, até à atualidade.



Colecções  Digitais (Texto e fotográfico)  (Arquitetura e Arte)





A Biblioteca Digital da Biblioteca Pública Municipal do Porto – designada abreviadamente por BPMP Digit@l – é, simultaneamente, um serviço em linha e um programa em permanente construção com as vicissitudes daí decorrentes (critérios variáveis, organização tipológica, ajustamentos temporais, evolução tecnológica, etc.). 

Enquanto repositório organizado, mas necessariamente selectivo, de manifestações digitais ou digitalizadas (transcrição gráfica, textual ou sonora) de expressões de obras, enfatizará as fontes primaciais, manuscritas e impressas, os fundos distintivos e as colecções especiais mais representativas da Biblioteca Pública Municipal do Porto: manuscritos, incunábulos, impressos raros, cartografia, iconografia, espólios literários, fonogramas, etc.





Destacam-se nesta coleção digital dois importantes núcleos documentais: folhetos de teatro de cordel (1659-1864) e fotografias de cena (1934-1974).



A Biblioteca Digital Camões pretende ser um repositório da cultura em língua portuguesa, tendo como principal critério a publicação de obras integrais, para leitura gratuita, sem necessidade de registos ou subscrição.

A Biblioteca Digital Camões tem autores e edições no domínio público, mas também em edições actuais, protegidas por direitos conexos (fixação de textos, notas críticas, prefácios e posfácios…etc.), obras protegidas por direitos e de autores vivos. Consequentemente, cada edição publicada terá um nível de acesso que é resultado da expressão de uma vontade conjunta do Instituto Camões, I.P., e do editor e/ou instituição proprietária da edição.

A Casa Fernando Pessoa possui um tesouro único no mundo: a biblioteca particular desta figura maior da literatura. É muito raro conseguir-se encontrar a biblioteca inteira de um escritor com a dimensão universal de Pessoa. Os livros tendem a mover-se muito depressa: emprestam-se, perdem-se, vendem-se. Pessoa também vendeu alguns – mas deixou-nos 1142 volumes, de todos os géneros e em vários idiomas, densamente anotados e manuscritos.





A Biblioteca Digital da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa tem a sua génese no projecto Património bibliográfico e documental da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, um projecto de conservação, digitalização e difusão, que em Março de 2005 foi objecto de candidatura ao Programa Operacional de Cultura, promovido pelo Ministério da Cultura, e cuja aprovação, em Agosto do mesmo ano, garantiu os meios financeiros essenciais à sua concretização. 
Integrada na estratégia de desenvolvimento e modernização da Biblioteca da FLUL, a Biblioteca Digital, constituída em torno da digitalização de dois importantes núcleos que integram o vasto e rico património bibliográfico e documental impresso desta Biblioteca - a colecção de incunábulos e impressos raros (séculos XV e XVI) e a colecção de obras de teatro do espólio do professor, crítico, actor e encenador Osório Mateus - cumpre, apoiando-se nas mais modernas e inovadoras tecnologias de informação e comunicação, a missão de conservar e tornar acessíveis estes recursos de informação a todos quantos deles queiram usufruir, nomeadamente aos investigadores, garantindo-lhes um acesso e visibilidade universais.



A Biblioteca Digital é um serviço da Biblioteca Central que tem como objectivo principal a edição, em formato digital, das publicações da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Para além das diversas séries da revista da FLUP e de todas as outras publicações periódicas, a Biblioteca Digital disponibiliza, também, as edições monográficas, nomeadamente anexos da Revista, actas de congressos, homenagens e outras colecções.





A Biblioteca Nacional Digital (BND) disponibiliza em linha e de forma gratuita cerca de 25.000 documentos, a que correspondem mais de um milhão e meio de imagens.

Na coleção digital incluem-se documentos em acesso livre, e também conteúdos protegidos pelo Direito de Autor, que por este motivo estão acessíveis apenas na rede interna da BNP. Para mais informações pode consultar a nossa política de disponibilização de conteúdos online.
O acesso às coleções digitais de livros, publicações periódicas, iconografia, cartografia e música, pode fazer-se mediante pesquisa no catálogo bibliográfico ou por navegação através dos índices de título, autor ou data de publicação.

Projeto de parceria desenvolvido pela Fundação Mário Soares, disponibiliza conteúdos digitais de várias entidades, com documentação histórica de diferentes países da CPLP: documentos, fotografias, vídeos, sons, materiais de contextualização.


O Arquivo &  Biblioteca é um projecto que a Fundação Mário Soares desenvolveu desde o seu início de actividade em 1996, recorrendo para o efeitos às mais recentes tecnologias da informação.
Inicialmente constituído a partir do arquivo pessoal do Dr. Mário Soares, foi enriquecido com numerosos outros acervos documentais e, mais tarde, o projecto inicial foi também alargado à constituição e informatização de uma biblioteca especializada e à organização de um arquivo fotográfico.




Tesouros da Torre do Tombo 

O Arquivo Nacional da Torre do Tombo (ANTT) é um arquivo central do Estado que guarda documentos originais desde o séc. IX até à actualidade, cabendo-lhe, por consequência da sua perenidade, preservar também os novos arquivos electrónicos no âmbito de actuação do organismo, a par do mandato explícito para dar execução à lei que estabelece as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, na sua vertente de património arquivístico e património fotográfico.
















Hemeroteca Municipal de Lisboa

Hemeroteca Digital

A Hemeroteca Digital, sítio da Hemeroteca Municipal de Lisboa (HML), tem por objectivo a construção duma biblioteca digital de jornais e revistas caídos em domínio público. Com este projecto pretende-se criar um sítio de referência para a consulta em linha e difusão pública do universo fascinante da imprensa periódica portuguesa. 

 

Disponibilizamos, assim, através da Internet, em formato HTML e PDF, diversos títulos de publicações periódicas, com destaque para as colecções digitais de periódicos do fundo local e histórico, completadas com fichas históricas de apresentação dos jornais e revistas, raridades bibliográficas relacionadas com a imprensa escrita, e bibliografia de referência para o estudo e consulta do acervo bibliográfico da HML.







.

IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO

COMO GERIR A INFORMAÇÃO

DIFUNDIR A INFORMAÇÃO

BAD

FEBAB

APDSI